O Porto Santo é uma das ilhas que integram a rota do “World Voyager” no cruzeiro pelas ilhas atlânticas portuguesas.

O “ex-libris” é mesmo a praia de nove quilómetros de areia fina e dourada, com propriedades terapêuticas, banhada por águas cristalinas de cor turquesa.

Mas, há muito para ver nesta pequena ilha, desde as paisagens a desfrutar nos vários miradouros, as visitas museológicas, o espetáculo proporcionado pelas formações rochosas e arenosas…. É uma ilha que se pode conhecer de carro ou de bicicleta, mas há também muitas alternativas para quem a quer descobrir a pé.

A ilha do Porto Santo foi a primeira descoberta dos portugueses, enviados pelo Infante D. Henrique, no século XV. Foi nesta ilha que aportaram pela primeira vez, os navegadores, liderados por João Gonçalves Zarco. Decorria o ano de 1418. Só em 1419 é que a expedição chegou à Madeira.

Hoje, o Porto Santo é sobretudo, uma ilha turística, procurada por muita gente, incluindo alguns cruzeiros que ali aportam ou fundeiam, principalmente, os chamados cruzeiros temáticos que procuram locais paradisíacos, em termos ambientais.

FaLang translation system by Faboba